Triatlo / Duatlo

Pratico a modalidade desde 1996 e a experiência tem sido muito positiva, quer a nível desportivo, quer lúdica e de convívio. Faço parte do Grupo dos Amigos do Atletismo de Vila Franca de Xira. O clube possui há alguns anos, uma secção ou equipa (CCD - Convívio e Competição Desportiva) que tem levado o nome da cidade a todo o território nacional, incluindo algumas provas internacionais, como os campeonatos da europa de duatlo e de triatlo. Ao longo desse tempo têm sido conseguidas classificações de pódium, quer a nível de jovens iniciados, cadetes e juvenis, quer a nível de veteranos.

A equipa e os seus atletas encontram-se inscritos na Federação de Triatlo de Portugal
O triatlo (natação, ciclismo e atletismo) e o duatlo (atletismo e ciclismo) são modalidades desportivas muito exigentes e completas em termos físicos. São modalidades caracteristicamente individuais e cujas vertentes se complementam duma forma harmoniosa. Na verdade, a sua prática conduz à solicitação de diferentes músculos. Por outro lado, a prática intercalar dessas modalidades favorece o alívio da massa muscular e previne muitas lesões. Estas aparecem com mais frequência quando o ciclismo e sobretudo o atletismo forem praticados isoladamente. No triatlo elas entreajudam-se mutuamente.
Há medida que que o grau de competição em que o atleta está envolvido ou quando os resultados que se pretendem alcançar são mais exigentes, os treinos terão que ser mais criteriosos e exigem uma maior ocupação de tempo.
O triatlo/ duatlo em Portugal tem evoluído bastante nos últimos anos, sobretudo a nível de qualidade e trabalho programado, isto é, a nível do rejuvenescimento qualitativo dos seus praticantes. Tal tem sido feito através dum trabalho continuado de sensibilização das camadas jovens e de captação de novos valores.
No entanto e não obstante alguns resultados salientes a nível internacional de atletas juniores e veteranos, muito há ainda a fazer para um maior massificação da sua prática, indispensável para surgirem resultados mais palpáveis a nível internacional. Tudo na vida tem o seu q.b., também na massificação e sem querer sugerir que Portugal copie integralmente a evolução de outros países com tradições na modalidade, a quantidade de praticantes no nosso país ainda está aquém do razoável. Uma vez que existe essa possibilidade, há que olhar para as “best pratices” e tirarmos proveito das etapas e experiências já cumpridas por esses países.
O triatlo foi modalidade olímpica pela primeira vez em Sidney/2000, estando a Federação Portuguesa a fazer um trabalho de captação e acompanhamento de alguns atletas, sobretudo com bom desempenho na natação, com vista aos próximos jogos Olímpicos.
Sinto que houve uma evolução importante nos últimos anos, mas tal como noutras áreas, também neste domínio Portugal está bastante longe da média dos países europeus ou mundiais, quer em qualidade quer em quantidade de praticantes. Sobre estes temas ver trabalho e artigos meus no site da Federação de triatlo de Portugal.



0 comentários:

Publicar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | coupon codes